Declaração do Grupo Banco Mundial sobre a suspensão do relatório Doing Business. Leia a declaração. Leia o comunicado

Doing Business Subnacional

Os relatórios subnacionais do Doing Business medem diferenças nas regulamentações do ambiente de negócios e na sua implementação entre localidades de um mesmo país ou região. Estes estudos fornecem dados sobre a facilidade de se fazer negócios, classificam cada localidade e identificam exemplos de boas práticas para melhorar o desempenho em cada uma das áreas analisadas.

Os relatórios subnacionais abrangem 599 localidades em 83 economias desde 2005.


Image

Doing Business no Brasil 2021

O Doing Business Subnacional Brasil 2021 apresenta uma análise comparativa do ambiente de negócios nos 26 estados brasileiros e no Distrito Federal. Este estudo mede a regulamentação das atividades de pequenas e médias empresas nacionais em cinco áreas: abertura de empresas, obtenção de alvarás de construção, registro de propriedades, pagamento de impostos e execução de contratos. O relatório inclui ainda dois estudos-piloto sobre o registro de um Microempreendedor Individual (MEI) e o pagamento de impostos no regime do Simples Nacional, medidos em cinco localidades no Brasil.

Image

Doing Business em Moçambique 2019

Doing Business em Moçambique 2019: o primeiro relatório da série subnacional Doing Business no país - analisa e compara a regulamentação de negócios para os indicadores de abertura de empresas, o registo de propriedades e a execução de contratos em 10 províncias, nomeadamente: Cabo Delgado, Cidade de Maputo, Gaza, Inhambane, Manica, Niassa, Nampula, Sofala, Tete e Zambézia. O relatório também inclui a análise do comércio internacional nos três portos mais importantes do país: porto da Beira, porto de Maputo e porto de Nacala, e na fronteira terrestre de Ressano-Garcia.