Relatórios

Image

Doing Business 2012

Fazendo negócios num mundo mais transparente
Download

Visão geral

Um novo relatório do IFC e do Banco Mundial demonstra que as economias continuam a implementar reformas que aprimorem a capacidade das empresas locais na realização de negócios, e a transparência e o acesso à informação desempenham um papel-chave em tais reformas.

Publicado hoje, o relatório Doing Business 2012: Fazendo negócios num mundo mais transparente analisa regulamentos que afetam as empresas nacionais em 183 economias e as classifica em 10 áreas, tais como a resolução de insolvência e comércio entre fronteiras. Os dados do relatório deste ano analisam os regulamentos a partir de junho de 2010 até maio de 2011. A classificação agregada da facilidade de fazer negócios expandiu-se para incluir o indicador ‘Obtenção de Eletricidade’. O relatório identificou que a obtenção de uma conexão elétrica é mais eficiente na Islândia; Alemanha; Taiwan, China, Hong Kong, RAE, China e Cingapura.

O relatório demonstra que 125 das 183 economias cobertas pelo projeto implementaram um total de 245 reformas regulatórias no âmbito do ambiente de negócios – 13% mais reformas do que no ano anterior. Na África Subsaariana, um recorde. 36 das 46 economias aprimoraram suas regulamentações de negócios neste ano. Nos últimos seis anos, 163 economias tornaram seus ambientes regulatórios mais favoráveis às empresas. China, Índia, e a Federação Russa estão entre as 30 economias que fizeram mais progesso.

Neste ano, Cingapura liderou a classificação agregada da facilidade de se fazer negócios, seguidos por Hong Kong, RAE, China, Nova Zelândia, Estados Unidos e Dinamarca. República da Coréia foi a revelação para o top 10 ranking.




Multimídia